Jovem mata irmão, se suicida e deixa triste carta aos pais no Facebook

Jovem mata irmão, se suicida e deixa triste carta aos pais no Facebook

Nessa semana, um caso muito triste voltou a repercutir em todo o país, como mostra o site BN Brasil. Uma mulher de 25 anos matou o irmão de 19 anos e, em seguida, se suicidou. Em meio a essa situação, surgem diversos questionamentos das mais diversas esferas buscando uma resposta para a ocorrência do crime. A explicação surge de um diagnóstico, depressão. Vítima dessa doença, a Jovem de 25 anos matou o irmão caçula e se suicidou.

 

Caso envolvendo tragédia familiar teve grande repercussão

Tratada com desprezo por muitos pais e vista como frescura por muita gente, a depressão tem provocado inúmeras vítimas. Segundo dados divulgados pelo Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, a taxa de suicídio entre jovens de 15 a 29 anos no Brasil tem se elevado de maneira preocupante.

O diagnóstico de depressão é expresso na maioria dos casos. É alarmante saber que a fase juvenil, geralmente associada a alegria constante, está sendo associada a temas como suicídio.

A depressão é uma doença psicossomática que deve ser seriamente tratada. O sentimento de frustração e de tristeza constante promovidos por essa doença têm se agravado por cobranças que a sociedade moderna tem imposto aos jovens. Os psicólogos advertem que a depressão tem cura, mas e o tratamento e acompanhamento por um profissional são essenciais.

No caso de Juliana, a jovem de 25 anos que matou o irmão caçula, a família parecia não reconhecer essa doença, acreditando que fosse apenas uma fase da vida. Porém, o diagnóstico veio de uma maneira trágica. Após se arrumar para ir trabalhar, o pai de Juliana entrou no quarto e se deparou com a cena da jovem e seu irmão mortos por estrangulamento.

Em pânico, a mãe percebeu uma mensagem da jovem em seu perfil no Facebook, onde ela dizia que iria se matar por não haver mais futuro naquele local para ela e o irmão.

Após uma avaliação realizada pela polícia na cena do crime, foram constatadas provas que indicavam que a jovem teria estrangulado o irmão, portador de deficiência, e logo após teria se suicidado utilizando um cinto para se enforcar. É de assustar o descontrole que a depressão pode gerar, não só na vida de jovens, mas se estendendo a toda e qualquer faixa etária.

Os psicólogos afirmam que os pais devem estar atentos a toda e qualquer mudança de comportamento dos filhos, não devendo fechar os olhos. Eles afirmam ainda que a regular inspeção dos ambientes, de suas relações e o apoio aos jovens torna-se necessário.

Hoje, já existem profissionais atendendo gratuitamente a pessoas que necessitam de apoio. O Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma instituição voltada ao atendimento e apoio psicológico em busca da diminuição dos casos de suicídio. Para entrar em contato, basta ligar para o número 180 e receber acompanhamento de profissionais.

COMMENTS